Como Declarar Imposto de Renda: Guia Para 2020

Ano novo se iniciou e logo aquela velha dúvida de sempre: como declarar meu Imposto de Renda?

Mais conhecido como Leão, o Imposto de Renda do Brasil existe desde 1922. Porém não é nada pratico, simples muito menos fácil de informar, isso faz com que muitas pessoas acabem pagando por esse serviço.

Se você quer saber como declarar o imposto de renda! Relaxa aí que vou te explicar!

Eu separei algumas das principais dúvidas sobre Imposto de Renda, também inclui algumas regras.

Vamos lá?

duvidas sobre importo de renda

O que é Imposto de Renda?

O Imposto de Renda é um tributo cobrado anualmente de todos os Brasileiros.

Sua Base de cálculo é a renda que você teve no ano anterior, por exemplo: “No ano de 2020 nós vamos declarar a renda do ano de 2019.”

Ele é cobrado pela Receita Federal do Brasil, órgão que faz parte do Ministério da Economia.

Mas antes que você fique ai quebrando cabeça, é importante saber que nem todos os brasileiros são obrigados a declarar ou pagar o imposto.

Vou te explicar melhor aqui abaixo:

Como Funciona o Imposto de Renda?

Todos Brasileiros apresentam anualmente a Receita Federal do Brasil  uma declaração na qual cita seus bens e informa os rendimentos e despesas que teve no ano anterior.
A declaração sempre tem um prazo final até o último dia do mês de abril de 2020.
Com base nos dados informados é aplicado uma alíquota para se chegar até o valor que é devido para o Governo.
O Sistema da Receita Federal calcula automaticamente, e já informa o valor devido.
Lembrando que nem todas as despesas são tributáveis e que também é possível haver descontos caso você pague um plano de saúde particular por exemplo.

Quem Precisa Declarar Imposto de Renda?

Dependendo de sua renda, talvez você nem precise declarar o Imposto.
Isso acontece, pois como havia dito antes nem todos os brasileiros precisam ou estão obrigados a declarar!

Eu vou lhe apresentar algumas regras que irá lhe ajudar a entender melhor com base no Site da Receita Federal:

Declaração de Imposto de Renda com base na Renda do Contribuinte

Declaração por Renda

– recebeu rendimentos tributáveis , sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma anual foi superior a R$ 28.559,70;

– recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00.

declaração de imposto de renda por ganho em ações

Declaração por Ganho de capital e operações em bolsa de valores

– obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;

– optou pela isenção do imposto sobre a renda incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais, cujo produto da venda seja destinado à aplicação na aquisição de imóveis residenciais localizados no País, no prazo de 180 (cento e oitenta) dias, contados da celebração do contrato de venda, nos termos do art. 39 da  Lei nº 11.196, de 21 de novembro de 2005.

declaração de imposto de renda por atividade rural

Declaração por Atividade rural

– Relativamente à atividade rural:

a) obteve receita bruta anual em valor superior a R$ 142.798,50;

b) pretenda compensar, no ano-calendário de 2018 ou posteriores, prejuízos de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário de 2018.

Declaração de Imposto de Renda por Bens e Direitos

Declaração por Bens e Direitos

– Teve a posse ou a propriedade, em 31 de dezembro de 2018, de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00.

como declarar imposto de renda na  Condição de residente no Brasil

Declaração por Condição de residente no Brasil

– Passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nessa condição se encontrava em 31 de dezembro de 2018.

classe dos isentos da declaração do imposto de renda

Está isento da Declaração de Imposto de Renda:

A pessoa física está dispensada da apresentação da declaração, desde que:

a) não se enquadre em nenhuma das hipóteses de obrigatoriedade da tabela anterior;

b) conste como dependente em declaração apresentada por outra pessoa física, na qual tenham sido informados seus rendimentos, bens e direitos, caso os possua;

c) teve a posse ou a propriedade de bens e direitos, inclusive terra nua, quando os bens comuns forem declarados pelo cônjuge ou companheiro, desde que o valor total dos seus bens privativos não exceda R$ 300.000,00, em 31 de dezembro de 2018.

declarando o imposto de renda passo a passo

Como declarar o Imposto de Renda 2020 – Passo a Passo

Agora chegou a bendita hora de aprender a declarar o imposto de renda na prática.

Imposto Simplificado  x   Imposto Completo

Antes de começar vamos entender essas duas classificações a cima.

Minha sugestão é que você sempre preencha a sua declaração com todos os detalhes, sem esquecer nada e ao final escolha qual modelo de Declaração você quer: Simplificado ou Completo.

No modelo simplificado será aplicado um desconto padrão de 20% sobre o cálculo, esse desconto pode ser aplicado por qualquer contribuinte, mas que fica limitado a um teto de R$ 16.754,34.

Então se a soma das deduções for superior ao teto informado a cima, a melhor opção é pelo modelo completo.

declarando de fato o imposto de renda

Como Declarar Imposto de Renda Passo a Passo

1) Revise todos os critérios de obrigatoriedade para saber se você é obrigado mesmo a declarar o imposto de renda.

2) Entre no site da Receita Federal, faça o Download do Porgama IRPF, lembre-se de verificar a versão do programa e se é do ano 2020. Você tambem pode declarar pelo aplicativo Meu Imposto: Disponível para IOS e Android.

3) Preencha os formulários do programa ou aplicativo corretamente com seus dados pessoais.

4) Caso tenha dependente, inclua as informações dentro da aba “Dependentes”.

5) Informe os rendimentos, que sejam tributáveis ou não.

6) Informe se foi feito algum pagamento que possa gerar alguma dedução, nos campos  “Imposto de Renda retido na fonte”, “pagamentos com Carnê-Leão”, “pagamentos efetuados” e “doações efetuadas”.

7) Agora é a vez de incluir bens de direitos, dívidas e ônus. Nesta categoria também estão imóveis, veículos, saldos de poupança e bens com valor maior que R$ 5 mil.

8) Após preencher todos os campos, você pode verificar se está faltando algum dado, clicando em “pendências”. Estando tudo Certo, chegou a hora de você escolher o modelo da declaração. Simplificada ou Completa.

9) Agora basta clicar em “Entregar a Declaração” e se for o caso emita o DARF e em seguida pague-o.

Novas Regras IR 2020 – O que mudou?

A Receita Federal do Brasil ainda não tinha divulgado as regras para o Imposto de Renda 2020, quando escrevi este artigo.

Mas fique ligado, pois é possível que a tabela de alíquotas seja atualizada.

Conclusão

Declarar o Imposto de renda não é um bicho de 7 cabeças, mas tudo pode ser facilmente compreendido quando nos capacitamos, por isso eu encontrei esse Guia IRPF 2020 que irá lhe ajudar declarar corretamente o seu Imposto de Renda e ainda fazer disso uma forma de ganhar uma renda Extra.

Tags: |

Sobre o Autor

Luís Antonio
Luís Antonio

Olá me chamo Luís Antonio, tenho 27 anos, sou casado e tenho um filho que se chama Isac. Atualmente sou empresário no mercado Físico e Digital.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *